quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Filmes ridículos que adoramos assistir!

Bom, faz mais de um ano que eu não publico nada aqui... TCC define...Vergonha! Senti muita saudade de publicar coisas bobas aqui e agora voltei! E prometo que provavelmente não acontecerá de novo! Chega de baboseira e vamos ao post de hoje!

Já reparou em quantos filmes ridículos nós assistimos numa semana? Pense, na TV aberta nunca passa nada bom e na TV a cabo você assiste os mesmos filmes 347 vezes. Então você está lá mudando de canal:
"Two and a Half Man... Legal! Vou ver e... ASHTON KUTCHER! Aff, muda... Glee não... RESIDENT EVIL não... American-Idol-ou-qualquer-outro-reality-show não... Não tem nada de bom passando pra variar. Vou deixar no Resident Evil enquanto estou comendo, depois começa Simpsons..."
E daí você, descontente, deixa no filme, já sabe a história de cor, acha o filme forçadíssimo, MAS ASSISTE, PRESTANDO ATENÇÃO E TORCENDO PELA ALICE! Vai falar que não? SIM! É o pecado de todos nós, não tenha vergonha!
Série Resident Evil: assistimos todos os filmes, odiamos todos, e se saírem mais 7 sequências, assistiremos todas, amigue!

Milla Jovovich realizando nosso sonho de matar zumbis, lutar que nem o Chuck Norris e ser linda ao mesmo tempo

ATUALIZAÇÃO: Esqueci de falar um pouco sobre Resident Evil. Apesar de ter vindo dos jogos, a história mudou bastante da original, como acontece com todos os filmes provenientes de outras mídias, mas isso é assunto para outra postagem... A Alice nem existe nos jogos, essa personagem foi criada especialmente para os filmes. A maioria dos outros personagens são os protagonistas dos jogos, mas o filme passa longe de dar a devida importância a eles, já que a Milla Jovovich encantou os fãs. Eu odeio quando um filme não acompanha a história original, mas acho que aqui a coisa deu certo. Claro que se a história fosse como no jogo o filme ficaria muito melhor. Mas, mesmo assim, a Milla Jovovich se tornou a Tenente Ripley (a exterminadora do Alien) da nossa geração (tá eu sei, NUNCA SERÁ, mas é quase o mesmo discurso).
Mas vamos para a cena mais memorável! É no segundo filme, quando todos os personagens secundários estão encurralados numa igreja, cercado por Lickers (uma espécie bem mais evoluída de zumbi). Então surge Alice, entrando com uma moto por uma janela, atirando nas criaturas e salvando todo mundo. Como ela conseguiu subir com a moto até a altura da janela a gente não sabe, mas ela pode!

E nos tempos de Sessão da Tarde? Era aí que realizávamos nossas maiores fantasias dos filmes ruins.
Lá vão alguns filmes ridículos que adoramos assistir que eram clássicos da programação da Globo e do SBT:

Mortal Kombat e Mortal Kombat: Aniquilação

Duvido que você e seu primo nunca brincaram de Liu Kang e Sonya Blade combatendo as forças de Shao Kahn. E os filmes nos inspiraram tanto quanto os jogos.  Era Goro e Sheeva parecendo bonecões gigantes, Subzero e Scorpion desnutridos, Kitana sem graça, Christopher Lambert... Mas tinha o cara perfeito para viver Liu Kang e a melhor trilha sonora do universo! E pasmem, o diretor do primeiro filme era Paul W. S. Anderson, que também dirigiu Resident Evil! O cara é maridão da Milla Jovovich e, aparentemente, expert em fazer filmes força-barra que amamos! Obrigada por enfeitar nossas tardes e noites de tédio com essa turma que vai aprontar mil confusões para salvar a Terra, Paul!

Presentão do Tamed - aperte play e acompanhe a imagem:


 Disco Fatality

Missão Impossível 2
Aí vocês me perguntam: "por que o segundo? E os outros?". O primeiro filme era novidade e, na época, os efeitos e as ideias eram revolucionárias. Já o terceiro e o quarto já contaram com mais tecnologia e com menos coisas ridículas. Já o segundo filme é muito bom! Porque é ridículo! E ridículo rocks! Era Tom Cruise passando com moto embaixo de caminhão, mocinha sem graça pra ser a amada do protagonista, vilão-super-malvado-que-já-comeu-a-mocinha, e tudo que um filme desses necessita.

Tom Cruise atirando pelo retrovisor: é muita fodeza para uma pessoa só!

E nem preciso falar da trilha sonora. Presentão do Tamed 2:



As Panteras e As Panteras Detonando
Três mulheres lindas dirigindo um caminhão, fugindo de dezenas de caras armados. Eis que elas atiram o caminhão de um precipício e ENQUANTO ESTÃO CAINDO, elas saem do veículo e entram num helicóptero que estava na caçamba. Ainda ENQUANTO ESTÃO CAINDO, elas ligam o helicóptero, e vão todas lindas, de salto, make e cabelo arrumado para casa. Precisa falar mais? SONHO FAZER ISSO! E é a cena de abertura do segundo filme, que eu e mais duas amigas assistimos no cinema, claro. Eu era a Alex.
Gente, até a modinha de usar roupa preta de couro e regata preta por cima de camisete branco pegou.

Se você é mulher e nunca fez essa pose com suas amigas você não teve uma adolescência feliz.

Esses foram alguns filmes que eu lembrei, porém existem centenas que nos fizeram brincar de lutinha/tiro/espada no quintal e que foram estampa do papel de parede ou proteção de tela do nosso Windows 98. 
Mandem sugestões para fazermos o Filmes ridículos que adoramos assistir 2!



2 comentários:

  1. Respostas
    1. Incluirei na próxima "Filmes Ridículos que Adoramos Assistir". Obrigada pela dica!

      Excluir